domingo, 11 de março de 2012

Anjos enviados por DEUS!

Boa noite!

Todos já estavam me perguntam quando eu iria escrever o próximo post. A questão é que nesses últimos meses algumas coisas mudaram, novamente, na minha vida e não me sentiria a vontade de escrever sobre esses fatos aqui, mas também sentar, abrir o computador e começar a escrever pelo simples fato de ser uma obrigação, não seria totalmente verdadeiro.

Então esperei a maré baixar e agora voltei!

E vocês estavam pensando que a vida me daria uma trégua, não é? Rs...não, não! Comigo as coisas são diferentes.

Já sabia que tudo o que passei me faria mais forte do que nunca, mas esses tempos descobri que criei uma pele de jacaré e nem uma mudança que, provavelmente deveria abalar minhas estruturas e virar o meu mundo de ponta cabeça, foi capaz de tirar a minha felicidade de viver.

E não digo isso pensando apenas nos momentos de diversão, digo isso pensando nos momentos sozinha no meu quarto, quando perco o sono de madrugada...por que agora é assim, se eu estiver bem de saúde, nada vai me entristecer.

Na verdade teve um dia que eu acordei bem triste, logo depois de receber a notícia que uma pessoa muito especial não faria mais parte da minha vida, por escolha própria. Aliás, não foi a primeira vez que isso aconteceu comigo...

Enfim, como Deus não me abandona nunca, logo tratou de abrir os meus olhos para a vida. Naquela tarde a secretária do meu oncologista me ligou dizendo que já tinha passado, e muito, do prazo que eu tinha entre uma aplicação e outra de soro para limpar o interior do cateter e deveria ir até a clínica no mesmo dia.

Além da tristeza que já estava sentindo, levar aquela aplicação só poderia piorar as coisas.

Pedi para a minha avó me levar até lá depois do trabalho e já cheguei com aquele sorriso torto no rosto.

Acho que não aparecia por lá desde o começo de dezembro e por alguns meses, viajei, me diverti, tive ótimos momentos e guardei tooodas as lembranças desagradáveis em um potinho, tranquei, e coloquei dentro da última gaveta da estante.

Pois é, mas era hora de relembrar tudo! Aquela ida à clínica foi muito mais do que uma doída furada no peito. Foi uma sacudida de “alguém” lá de cima, dizendo: OLHA AÍ MENINA, TÁ TRISTE POR QUÊ? TA CHORANDO POR QUÊ? ESQUECEU TUDO O QUE EU FIZ POR VOCÊ? ESQUECEU A CHANCE QUE EU TE DEI? E AGORA? VAI ESCOLHER DESMORONAR OU VAI ESCOLHER APROVEITAR CADA SEGUNDO E DEIXAR O FUTURO EM MINHAS MÃOS? JÁ TE DECEPCIONEI?

UAU! Foi um choque de realidade...um filme passou na minha cabeça! Lembrei de quantas vezes eu chorei no ano de 2011. Não foram muitas, mas todas foram por motivos muito maiores do que o daquele dia.

Então saí de lá com o peito angustiado e mais tarde desabei! Acho que precisava ser lembrada novamente do que realmente importa nessa vida!  A VIDA!

E desde lá venho me reconstruindo novamente...um tijolinho por dia. Querer colocar uma parede de uma vez pode desabar a qualquer momento! Então, sem pressa!

No final de semana passado teve um almoço em casa e eu tive a oportunidade de conversar, por um longo tempo, com um tio meu que eu já citei aqui! Se lembram quando ele me disse que eu devia ter amor pela minha doença e curá-la com carinho? Essa frase ficou na cabeça de muitas pessoas, inclusive na minha.

Ele me contou como está hoje, 08 anos após a retirada do intestino grosso inteiro por causa da doença. E nessa conversa ele novamente me disse uma coisa que marcou.

“Bruna, eu, você, seu avô,sua tia, sua prima, somos pessoas especiais! NÓS SOMOS ANJOS! O Papai do Céu não nos enviou por acaso, ele não nos curou por piedade. Ele nos quer aqui, Ele quer que a gente tenha SAÚDE. Ele quer que a gente VIVA!”

Todos nós que passamos por essas provações da vida, não vencemos por acaso. Vencemos por que é a nossa missão sofrer e vencer! Nenhuma vitória tem graça se for fácil, se não tiver desafios. E quanto a isso, já podemos nos considerar mais do que vencedores.

NÓS SOMOS ANJOS!

Esse meu tio já passou por poucas e boas....quer dizer, muitas e más!

Sobre o meu avô eu também já contei! Homem de MUITA FORÇA E MUITA FÉ que após inúmeras cirurgias e muita luta, era, incansavelmente, a pessoa mais feliz de qualquer rodinha que se formava em volta dele. Nunca o vi entrando ou saindo de uma sala de cirurgia sem um sorriso no rosto ou sem contar uma piadinha para a enfermeira...rs! INCRÍVEL!

Quanto a minha prima, eu estou para contar o caso dela há muito tempo e só estava esperando a notícia que sabia que viria! ELA ESTÁ CURADA!

No final do ano passado, quando eu já estava na reta final e ela tinha acabado de ter a segunda filha, recebemos a notícia. A mesma notícia do dia 17 de janeiro. Um câncer maligno no final do reto, de aproximadamente 4cm.

Oi? Que? Como assim? De novo? Na minha família, de novo?

Sim! Era isso mesmo...a mesma doença, no mesmo órgão, na mesma posição, do mesmo tamanho.

Difícil acreditar, um raio não cai no mesmo lugar duas vezes. Mas aqui sim, caiu uma, caiu duas, caiu três e agora caiu novamente.

A questão é que há uma alteração genética na nossa família. Já descobrimos, através dos exames do meu avô, qual é o defeito na célula e estamos fazendo diversos exames para, depois do mapeamento genético, realizarmos exames de sangue em todos integrantes da família e descobrir quem tem essa alteração.

Eu tenho, minha tia tem, meu avô tinha e essa minha prima também tem. Agora as outras pessoas, após o resultado, deverão fazer exames de sangue e colonoscopia periodicamente, assim como todos deveriam.

Infelizmente essa mutação está no nosso organismo. É a nossa herança genética.

Essa minha prima passou pelo mesmo tratamento de quimio e radio, esperou os 02 meses e há algumas semanas fez a cirurgia de retirada do tumor.

Fui visitá-la um dia desses e naquele momento tive a certeza de que o meu tio estava certo. NÓS SOMOS ANJOS e ela é mais uma MULHER DE FORÇA E FÉ!

Com dois filhos pequenos a jornada com certeza deve ser outra. Foi o que eu disse quando conversamos pela primeira vez após a notícia...por um lado é mais difícil por que além de ter que cuidar de você ainda tem mais duas crianças que são totalmente dependentes, mas pelo outro, quando você pensar em desanimar ou entregar os pontos, vai se lembrar que tem dois filhos lindos, saudáveis, a sua espera para serem apresentados ao mundo. E que orgulho que eles terão de você, não é prima? Pode ter certeza que essa é a maior demonstração de amor e dedicação que você poderia ter dado a eles. PARABÉNS!

Eu estou contando tudo isso, também, para alertar a todos! Lógico que o nosso caso é uma extrema exceção, mas quem tem qualquer tipo de doença na família, deve procurar um médico e fazer exames de acompanhamento periódicos.

Sempre ouvimos falar disso e realmente é a melhor forma de cuidarmos da nossa saúde! Por exemplo, um outro tio fez a colonoscopia ano passado e lá estavam, alguns pólipos no intestino que, caso ele não tivesse feito o exame e cauterizado na hora, poderiam desenvolver e virar algo indesejável!

Os médicos já me disseram que terei que fazer exames para sempre e não vejo nenhum problema nisso. Muito pelo contrário, tive algumas consultas no início desse ano e estou com uma tonelada de pedidos de exames aqui...rs! Exageros a parte, amanhã sem falta irei agendar todos o quanto antes.

Essa é a minha forma de cuidar do meu organismo e acompanhar qualquer possível mudança, pois devido a essa alteração genética, eu tenho uma probabilidade muito maior do que o resto da sociedade de desenvolver outra doença.

E como eu quero cuidar muito dos meus bisnétinhos, tenho que, desde já, cuidar de MIM! E o amor e cuidado por mim mesma ficou tão grande que se eu pudesse faria carinho em todos os meus órgãos lindos e saudáveis!

E apesar dos pesares, eu sinto uma alegria diária que não tem como descrever. Acordar é a melhor coisa que pode acontecer no meu dia!!! Saio na rua com vontade de abraçar todo mundo. Nenhum problema é maior do que EU. Minha felicidade é completa, pois não é gerada pelo fato de ter um carro legal, uma família perfeita, um cartão sem limite, um namorado perfeito, uma viagem marcada,...não! Não são essas coisas que trazem a minha felicidade.

O que eu preciso eu já tenho! SAÚDE, SAÚDE, SAÚDE! A liberdade de poder fazer o que eu quiser, sabem o preço disso? Boa parte do ano passado não fiz nada do que eu queria.

Queria sair, não podia. Queria viajar, não podia. Queria tomar uma cervejinha, não podia. Queria rolar no tapete, não podia. Queria tomar sol, não podia. Queria andar na rua, não podia. Queria comer qualquer coisa, não podia. Queria largar tudo e sair correndo! E eu não podia...

Agora eu posso, eu vou, eu faço!

O céu é o limite e é somente lá que eu vou parar! Enquanto eu não chegar, eu não paro mais!

Vou abraçar SIIIIIIIM o mundo com os meus dois pequenos braços e a minha enooooorme vontade de ter tudo e fazer tudo.

E a minha avó disse...”você vai se dar tão bem nessa vida que vai dar até gosto de ver!” e boca de vó é santa!

Enquanto eu não chego “lá”, ela continua um pouco preocupada com essa minha vontade de fazer tudo ao mesmo tempo...rs! Mas eu estou dando conta de tudo. Até representante da minha sala na faculdade eu sou agora...e já consegui um mérito e tanto que todos julgaram impossível. A minha resposta? Enquanto eu não conseguir, eu não desisto! Dito e feito!

A minha única certeza nessa vida é que um dia eu não estarei mais aqui. O QUE? UM DIA EU NÃO ESTAREI MAIS AQUI?????????  ENTÃO DEIXA EU VIVER CADA SEGUNDINHO E APROVEITAR TOOOOODAS AS MINHAS OPORTUNIDADES. Vai saber para quando a minha ida está agendada...

“Não importa o tamanho dos sonhos que você tenha. Sonhe muito e sempre! Mesmo que seus sonhos não se realizem exatamente como você planejou, saiba que eles se concretizarão da maneira que Deus entender ser o melhor para você!”

Boa semana para todos!